Total de visualizações de página

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

FELIZ ANO NOVO


Mais um ano termina
e um outro começa de novo
Se vai tudo que é velho
respira-se um ar de renovo

Despedidas do que é passado
e de tudo que foi um estorvo
Nas lembranças do ano que vai
essa é a esperança do povo

Mil sonhos, projetos, desejos
entre abraços que até me comovo
Taças tilintam entre os fogos
um brinde: - "Feliz Ano Novo"

Men@
®

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL



Em todos os dias do ano
tudo parece igual
Festas de todos os tipos
folias e até Carnaval

Todos são Dias Santos
alegrias, tristezas, sorrisos e prantos
Com gente por todos os cantos
alheios do bem ou do mal

Mas há um dia de encanto
de encontro Santo e Celestial
Reune a família e amigos
assim é o Natal

Men@
®

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

INTUIÇÃO



Eu não sou um anjo
não me imagine assim
Sou apenas uma alma errante
com um coração ofegante
por um amor que não tem fim

Eu não sou perfeito
tenho marcas dentro do peito
Amando sem nenhum preconceito
de tudo que foi imperfeito
num momento bom ou ruim

Eu não sou diferente
sou igual toda essa gente
Que teve planos, projetos, enganos
que viveu por todos esses anos
voando como um Querubim

Eu não sou um vidente
com as palavras soltas ao vento
Mas a intuição no meu pensamento
me diz que onde você estiver
não se esquece de mim

Men@
®

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

SE EU NÃO TE AMASSE



Se eu não te amasse tanto assim
quem sabe amigo poderia ser
Se um amigo sendo e te amando
mais que um amigo quero ter

Se eu não te amasse tanto assim
quem sabe até eu poderia ver
Que te querendo simplesmente
vivo um eterno amanhecer

Se eu não te amasse tanto assim
quem sabe todos meus desejos
Os meus sonhos com teus beijos
não me fariam enlouquecer

Se eu não te amasse tanto assim
quem sabe amando eu viveria
Só com as canções e as poesias
e apenas por te conhecer

Men@
®

sábado, 19 de dezembro de 2009

VAZIO


Quem você pensa que é?
nem eu mais bem sei descrever
Quando por dias se ausenta
eu nem consigo escrever

Vagam meus pensamentos
e as palavras se perdem porque
Conflitam-se todos os temas
da inspiração que é você

Quem você pensa que é?
não mais se afaste de mim
Calando-se em meus poemas
não me abandone assim

Deixando sem cor a aquarela
e um vazio que não tem mais fim
Sem luzes e sem primavera
sem flores no meu jardim

Men@
®

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

MINHA MUSA


Bem sei que me ouves
nas canções em que eu grito
as melodias de um peito
com um amor infinito

E lês meus poemas
nos quais tenho escrito
em rimas os versos
que achas bonito

Que estás ao meu lado
sabendo que existo
me vendo em imagens
de fotos e por isso

Me enlouquece em desejos
me inspira e me usa
me abusa em seus beijos
minha deusa, minha musa

Men@
®

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

SIMPLESMENTE TE AMO


Há muito te amo
e nada exijo ou reclamo
simplesmente te amo
Com certeza não sabes o quanto
ou das lágrimas do meu pranto
Da solidão e a saudade
da voz do seu canto
O olhar que enfeitiça
que em tudo me encanto
simplesmente te amo
As palavras e o sorriso
que me envolve em sonhos
é o meu paraiso
Há muito te amo
e por ser seu amigo
amando prossigo
simplesmente te amando
Talvez não me queira
não brigue comigo
Deixe eu te amar
é só o que eu preciso
simplesmente um amor
do qual sobrevivo
Por isso te digo
há muito te amo
simplesmente te amo
e me sinto vivo

Men@
®

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

AMIGO


Secaste as minhas lágrimas
estava confuso e iluminou minha mente
Minh'alma vendida, resgatou para mim
acreditou e devolveu-me a dignidade

Deu-me força para caminhar sozinho outra vez
e encarar o mundo de frente novamente
Colocou-me no alto de um pedestal
onde quase pude ver a eternidade

Precisei muito e você estava lá
e jamais esquecerei desse momento
Senti que finalmente encontrei
alguém que realmente se importou comigo

Aqueceu-me no intenso inverno
Me fez relembrar a esperança esquecida
levou-me para casa quando estava perdido
das minhas mentiras fez as verdades da vida

E até...me chamou de "amigo"

Men@
®

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

ENTRE AS MARÉS


E ele assim como veio
partiu não se sabe prá onde
E a deixou com o seu triste olhar
cada dia mais longe

Esperando largada sentada
nas grades de um porto
Com o seu negro e longo vestido
cada dia mais curto

E por não pensar em outra coisa
a jovem e bela mulher
Via a imagem do amado emergindo
das águas profundas entre as marés

Men@
®

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

ALMA NUA



Transparência e leveza d'alma
um sentimento se aflora
ardendo por dentro do peito
de amor coração se enamora

Transpira o corpo por fora
suando assim como os outros
com o sal do pranto na boca
os olhos sorriem e choram

Pigmento corante da pele
diferente da minha ou da sua
tem a mesma aura que veste
e se despe de uma alma nua

Men@
®

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

PELO TEMPO QUE DURAR

Me abrace...
e nunca mais se afaste
me arraste e me guarde
pelo tempo que quiser me abuse
use e me devolva a vida

Me enlace...
com a magia de um passe
cuide da minha ferida
não me deixe viver perdida
em quartos que não quis dormir

Me aqueça...
não deixe que eu enlouqueça
segure na minha mão
nos cetins de um macio colchão
me faça sentir pretendida

Não esqueça...
Pelo tempo que durar
eu toda vou lhe entregar
com começo, sem meio e sem fim
o que a idade puder me dar

Men@
®

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

EM TEUS BRAÇOS



Em teus braços
é que me sinto segura
Me elevando às alturas
vejo o mundo flutuar

Em teus braços
tudo é uma brincadeira
Vivo a melhor maneira
de sorrir e de cantar

Em teus braços
é que encontro a plenitude
De uma eterna juventude
que alegra o meu sonhar

Em teus braços
que me cobrem de ternura
Me entrego na aventura
feliz por te amar

Men@
®

TE ESQUECER


Tentando te esquecer
pelos caminhos que sigo
Me perdendo no tempo
me encontro contigo

Em mil pensamentos
em que me sinto perdido
Quando estás distante
estou sem abrigo

Procuro os teus braços
e o teu ombro amigo
Ouvindo a tua voz
teus rastros persigo

Já nem posso fingir
fugir não consigo
Tentar te esquecer ?
sem você eu não vivo !

Men@
®

domingo, 8 de novembro de 2009

O MISTÉRIO DO AMOR



O amor vem sem avisar
nos dá calafrios
nos faz transpirar

Provoca até arrepios
despertando desejos mil
sonhar e até delirar

Invade nossas entranhas
causando emoção tamanha
nos faz sorrir e chorar

Sem ele o mundo é vazio
só sabe a quem veio ou partiu
quem pode viver sem amar ?

Men@
®

SEM DESPEDIDA


Dóceis juntos do peito
encostados a um coração
quatro cordas, um instrumento
uma voz e a muda canção

Som de silêncio que invade
em momentos de forte emoção
a poesia com sabor de saudade
outono, inverno, primavera e verão

O negro de um corpo trajado
em destaque uma aliança na mão
um pálido rosto tombado
escondido da multidão

N'alma uma só melodia
desde o dia de uma eterna partida
que da solidão fez companhia
sem aviso e sem despedida

Men@
®

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

SIMPLES DESEJO


Te espero bela e perfumada
naquela negra langerie desejada
em seda e a minha pele bronzeada
úmida e ávida de ser acariciada

Saudosa com toque de uma rosa
vermelha que em minha face espelha
meus lábios carnudos em carmim
e aquele colar que deu prá mim

Recostada no divã da minha sala
ansiosa pelo tempo de espera
se chegasse agora, quem me dera
meus anéis até daria um fim

Faz tempo que não te vejo
e só tenho um simples desejo
teu abraço com ternura
e o tal do teu beijo

Men@
®

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

DESPIDA


Despida
das suas belas vestes e adereços
de etiquetas de altos preços
a sua pele fez mostrar

Despida
das suas ricas jóias como adornos
expondo os seus contornos
um corpo nu a se ofertar

Despida
com a sua alma transparente
e seu coração carente
que vive a esperar

Despida
sem sonhar com as fantasias
tendo um simples desejo
alguém que saiba amar

Men@
®

QUERER


Arde o meu peito
em delirante desejo de você
que assumo, me arrumo
me visto e me dispo

Uma vontade quente
que eu respiro e transpiro
inunda de querer e me desnuda
ao pensar e em te ver

Queima a minha pele
ao sabor do calor da sua boca
numa ansiedade feito louca
em te querer

querer, querer, querer

Men@
®

ROSAS


Branca
sou a alma
paz, ternura e emoção

Vermelha
sou o coração
desejo, amor e paixão

Espinhos
em todas as cores
outono, inverno, primavera e verão

Perfumes
as damas dos amores
somos rosas, somos flores

Men@
®

A PARTIDA


Sei que na partida
tudo a nossa volta vai mudar
e que nessa longa distância
de saudades muito vou chorar

Que uma lágrima morna
morta na ausência sua vai rolar
Pois a sua presença amiga
viva na minha lembrança vai ficar

E que no frio que agora parto
sem ter seus abraços prá me acariciar
Sozinha no silêncio do meu quarto
louca por seus beijos vou estar

Noites vazias vão chegar
confesso que estarei a lhe esperar
Sentindo que vem prá me buscar
sorrindo me pedindo prá voltar

Men@
®

PAR CERTO


Para quem interessar

há um coração no deserto

trancado por destino incerto


Deixaram a chave por perto

quem sabe por um par certo

alguém nele queira entrar

Men@
®

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

SABOR DE PECADO



Não quero ouvir belas palavras
viver aventuras, sonhos ou fantasias
Nem saber de projetos ou planos
juras de amor, promessas, desenganos
Sequer pensar no presente
no passado ou no futuro
Saber se ainda é dia ou já é noite
no bronze da tarde ou luar prateado
Se está claro ou escuro
e se o sol já raiou com seu tom dourado
Só quero ter meu rosto corado
meu corpo ardendo inflamado
Na boca o gosto de um licor
com o delicioso sabor de pecado

Men@
®

terça-feira, 27 de outubro de 2009

VÍCIO


Assim foi desde o início
deixando essa loucura me levar a isso
me entregando por inteiro a qualquer risco
aceitando seu amor sem compromisso

No calor da nossa cama
me alucina e jurando que me ama
me envolvendo no sabor da sua trama
prisioneiro do seu corpo de menina

Em segundos de delírio
em que minha vida é um só sonhar
me inflamo em seus carinhos
permitindo em me levar

Me perdendo na paixão
abrindo meu coração sem nenhum indício
que no fascínio e o desejo desse amor
faço de você meu grande vício

Men@
®

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

TÍMIDA


Tímida...
se descobriu mulher

Cálida...
de amor se entregou

Pálida...
num corpo ainda flor

Ávida...
toda despetalou

Mágica...
um sonho transformou

Vívida...
meu coração roubou

Men@
®

domingo, 25 de outubro de 2009

FICA


Fica...
fica comigo nem que seja hoje
por mais um tempo apenas para sempre
por mais um pouco e que somente
eu saiba que nunca vai embora

Fica...
fica eternamente como a brisa
que toca em minha face e acalenta
os sonhos que minh'alma se alimenta
ama, se apaixona e se enamora

Fica...
fica das ausências a companheira
da minha constante solidão a única parceira
que comigo nem que seja mais um pouco
bem pouco, somente a vida inteira

Fica...
fica como as ondas de um mar
que em todas praias as areias vai beijar
indo embora porque logo vai voltar
e que sabe que prá sempre irá ficar

Men@
®

IMPOSSÍVEL


Me sentia muito triste
pois, em meio aos meu sonhos
apresentou-se um grande desafio
onde a vitória parecia ser impossível
Permitam-me dizer? ...Chorei muito !!!
Permitam-me chorar? ...afinal...seria isso ridículo?
Mas algo no fundo de minh'alma não se calava...
e me dizia: -Vá!!! Vá na tua pequena força e
estarei contigo...Não tenho eu lhe mandado ir ?
- Ao meu mandado não tenho escolhido os capacitados
e sim capacitado os meus escolhidos !!!
De ar inflei meus pulmões , e da fé fiz a minha coragem...
Sabe...ainda estou chorando muito...
As lágrimas ainda não secaram...
Mas estão acompanhadas de um sorriso...
Um sorriso misto de prazer e orgulho
o sorriso que não temeu
o sorriso que venceu o impossível

Men@
®

EUREKA


Hoje acordei decidido
Queria escrever um texto diferente...
Algo que fugisse da mesmice ou do comum...
Que fosse muito belo e profundo...
Passei toda a manhã me concentrando
Buscando a inpiração junto a natureza
O céu e a terra, na alma e o coração...
E eis o que veio em mente...EUREKAAAA !!!
Eu cavo, Tu cavas, Ele cava...
Nós cavamos, Vós cavais, Eles cavam...
Bem, pode não ter ficado belo...
Mas, ficou bem profundo...hehehe

Men@
®

sábado, 24 de outubro de 2009

CONFLITO



Entendo
que há momentos
em que conseguimos entender
que ninguém nos entende
que a ninguém entendemos
que em nada se entende
sequer nós mesmos
entende?


Men@
®

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

MULHER



Não posso negar que eu sinto
desejos incontroláveis e a sensação de magia
me envolvendo em romance, amor e paixão
invadindo o meu peito com taquicardia

Tirando de mim meu sossego
num frenético apego e uma louca euforia
ao ver teus longos cabelos castanhos
e vestida em tons rubro e negro

Com o teu olhar delicado
e em teus lábios o carmim aflorado
teu perfume me enfeitiçando
deixando-me embriagado

Aos sons de maracas e bongos
entre os compassos dos nossos boleros
eu sonho nossas mil noites de amor
mulher, és tudo o que eu quero

Men@
®

terça-feira, 20 de outubro de 2009

O QUE EU FAÇO ?


O que eu faço
se estamos apaixonados
sem nenhuma medida de tempo
e esse amor quer partir com o vento ?

O que eu faço
com nossos lindos sonhos
que estão tatuados no espaço
e acompanham todos nossos passos ?

O que eu faço
para receber os carinhos teus
saciar toda sede dos desejos meus
após esse beijo com um gosto de adeus ?

O que eu faço
se quando olho nos olhos teus
eles choram e sorriem para os meus
olhares tropeçam e perdem o compasso ?

O que eu faço ?

Men@
®

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

FECHO MEUS OLHOS



Quando te preciso
apenas fecho meus olhos
e te sinto presente
nas batidas do meu coração

Quando o teu amor necessito
apenas fecho meus olhos
e sinto tua mão me tocar
e teu hálito quente a me beijar

Quando as milhas distantes
fazem um espaço vazio entre nós
apenas fecho meus olhos
e te sinto a uma batida do meu coração

Sei que não estará viajando
no mundo vagando por toda uma vida
apenas fecho meus olhos
sem despedida prá nao ver a tua partida

Men@
®

domingo, 18 de outubro de 2009

TE ESPERO


Te espero...
Não sei onde te encontrar
mas sei que me ouves todo momento
Nem sei como te alcançar
mas ouço a tua voz através do vento

Te espero...
As noites me cercam em sonhos
vejo teu rosto que está entre os meus braços
Fecho meus olhos e encontro um caminho
saudosa minh'alma segue teus rastros

Te espero...
Sei que sabes onde me encontro
porque ouves as batidas do meu coração
Sinto em minha pele o toque das tuas mãos
e teu amor saberá como me alcançar

Te espero...
Não sei quando e que horas virás
sei que meu amor com a paz irá se encontrar
e que para sempre em meus braços estarás
pois mesmo distante só soube te amar

Men@
®

sábado, 17 de outubro de 2009

BOLEROS


Recordo aquelas noites de luar
dos teus suaves passos no terraço
poesias em canções no leve compasso
e teu perfume se espalhando pelo ar

Sim, ainda vejo o azul da cor do céu
sinto os beijos com o sabor de um puro mel
e o calor do teu corpo junto ao meu
embalado em um bolero de Ravel

Me lembro das flores de setembro
do jardim na primavera ao te encontrar
e o teu olhar apaixonado enfeitiçando
meus desejos que ardiam sem parar

Confesso, nunca esqueço e não minto
que ao partir o meu coração se fez calar
na minha boca há um sabor de absinto
e boleros não consigo mais dançar

Men@
®

SOLITÁRIA


Solitária
me encontro nesse aposento
flutuando entre mil pensamentos
decolando nas asas do vento

Solitária
envolvida nos meus sentimentos
qual o leve vestido cobrindo meu corpo
sem as mangas dobradas do tempo

Solitária
no espaço vazio do meu quarto
sinto a dor que contrai como um parto
e a saudade que tira o alento

Solitária
sento a espera da tua chegada
quero amar-te nessa madrugada
te desejo a todo momento

Men@
®

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

AMOR PROIBIDO



Ah...esse amor que arranha
que nasce, me assanha , me arrasta
me gasta, me basta e me faz entregar

Ah...esse amor que é doçura
carinho, ternura, vive louca aventura
em desejo e pecado que me faz delirar

Ah...esse amor que é um bandido
que vive escondido, contido, à margem
da imagem do sonho que insisto em sonhar

Ah...esse amor proibido, a libido
do meu corpo estendido em quartos
em noites nas camas que não quis deitar

Men@
®

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

TEU CORPO


Nos contornos do teu corpo
que me encontro onde me perco
me entrego aos teus caprichos
em teus mimos e teus zelos

Aos teus braços com teus beijos
vive em chamas mil desejos
que me elevam entre as estrelas
de um céu azul que eu vejo

Nas manhãs ensolaradas
nas tardes ou altas madrugadas
que navego em tuas ondas
como em noites enluaradas

Teu olhar que me ilumina
guia todos os meus caminhos
o teu peito é o meu ninho
que me abrigo prá sonhar

Men@
®

domingo, 11 de outubro de 2009

CONTO DE FADAS


Era uma vez...
na terra do "faz de conta"
assim conta esse conto
de fadas para vocês

Um homem já bem idoso
que dormindo num sono profundo
sonhara voltando pro mundo
acordando criança outra vez

Relembrando toda a sua história
momentos de dor e de glória
entre os vãos de sua memória
tudo o que na vida fez

Voltou a brincar simplesmente
com as coisas do mundo infantil
tornou-se criança inocente
e foi feliz para sempre

Men@
®

sábado, 10 de outubro de 2009

SOLIDÃO E NOSTALGIA



Chega a noite e me encontro
com as sombras do meu quarto acompanhada
mais um dia percorrendo a longa estrada
cama fria de uma vazia madrugada

Busco em sonhos e pensamentos
meus momentos com alguma companhia
onde fujo à solidão e a nostalgia
aguardando pelo sol de um novo dia

Crio imagens de um príncipe encantado
meu cavaleiro da noite um eterno namorado
vindo de encontro aos meus desejos
em abraços e beijos o doce anjo ao meu lado

Como em contos de mil e uma noites
odalisca com seu corpo desnunado
sob o véu transparente dos pecados
querendo dançar pro seu amado

Men@
®

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

NA CONTRAMÃO



Era um final de semana,
que saindo após o trabalho
passei no bar com os amigos,
cerveja, snooker, baralho

Trouxeram-me um violão
e canções muito apaixonadas
cantava para a multidão
que chamava novas rodadas

Bem tarde sai com meu carro
às altas de uma madrugada
dobrei na primeira esquina
da avenida bem movimentada

Ouvi um apito estridente
e um guarda alí me parava
pedindo os meus documentos
onde pensa que vai? me perguntava

Eu disse que ia a uma festa
mas achava que já havia acabado
pois enquanto eu estava indo
via que todos voltavam

Men@
®

HOJE É SEU DIA



Um dia nasceste chorando
enquanto à sua volta todos sorriam
Os campos regou com seus prantos
irrigando as terras que ardiam

Seus raios o sol lhe mandava
às sementes que sozinha plantava
E sorrisos brotavam em seus lábios
quando os grãos cultivados colhia

As bênçãos dos céus recebeste
luz divina se a alma cristalina jazia
Um renovo de fé e esperanças
se a "nau coração" combalia

És vencedora linda menina
comemore com muita alegria
Junto à todos aqueles que ama
é primavera, hoje é o seu dia

Men@
®

sábado, 26 de setembro de 2009

CALOR DO AMOR



Basta esse teu olhar
e o meu coração vou te entregar
Me vire do avesso do fim pro começo
abrace bem forte sem me machucar

Aconchegue-se toda em meu peito
que te ajeito segura em minhas mãos
fazendo do meu corpo o teu leito
se entregue para me amar

Se livre das marcas do tempo
sem passado e nem mesmo futuro
viva nosso momento presente
e loucamente vou te beijar

Me enrole nos teus cabelos
em teus pelos aos mimos em zelos
Faça-me no calor do teu amor eu arder
e me deixe de amor me perder

Men@
®

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

VENHA EMBORA COMIGO


Venha embora comigo?
quero caminhar ao seu lado
não importa que o dia esteja nublado
mesmo chovendo e o caminho molhado

Venha embora comigo?
venha, vamos embora abraçados
em nossos lentos passos lado a lado
em meio ao verde há um lugar sossegado

Venha embora comigo?
prá esse caminho onde existe uma ponte
que nos levará a um novo horizonte
onde os sonhos são realizados

Venha embora comigo?
sob meu teto de zinco como telhado
de um chalé da montanha aonde brinco
de castelo de um reino encantado

Venha embora comigo?
Venha!!!

Men@
®

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

TÃO DISTANTE



Tão distante
e não consigo viver sua ausência
no meio da noite sinto um calafrio por dentro
porque seremos um só para sempre
sequer importa onde esteja

Tão distante
e sobrevivo ao frio no vazio do momento
sedento percebo que está pensando em mim
e não consigo viver longe assim
carente dos seus beijos

Tão distante
e presente está nos meus desejos
nas madrugadas do meu quarto solitário
apenas um diário onde releio os versos seus
e sua imagem no álbum de fotos vejo

Tão distante
e nesse instante é o que mais preciso
seu sorriso e espero até que volte e que lhe veja
e o que deseja no regresso do além mar
vou lhe dar e para sempre irei te amar

Men@
®

PEDAÇOS



Sei que nada permanece a mesma coisa
mas creio que tudo pode acontecer novamente
Sem me importar que tudo partiu-se em pedaços
existem mais espaços em um coração partido

Ainda posso sentir seus braços ao redor de mim
consigo ver a sua face sem nenhum disfarce
Sentir o calor de seus abraços, ouvir o seus passos
o som da sua voz sussurrando que nada terá fim

As vezes sento e me pergunto simplesmente:
como, embora estando ausente te sinto tão presente?
Somos íntimos e fomos em todos os momentos
e percebo seu tato como se estivesse ao meu lado

Acredito no amor e como tudo poderá vir a ser
o coração está quebrado e precisa ser curado
Portanto, não se importe se eu juntar os pedaços
seguir os seus passos e me atirar em seus braços

Men@
®

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

BEIJO DE PRIMAVERA



A primavera a todos excita
Flores, perfumes e cores
Canções, poesias, amores
Romances em vários sabores
Brisa, sombra e água fresca
A paisagem mais pitoresca
Desperta o desejo do beijo
Basta um olhar entre as carinhas
E é ripa na chulipa por cima das tulipas
e pimba entre as boquinhas

Men@
®

ANJO TRAVESSO


Veio feito as nuvens
em rajadas de vento lá do céu
Olhou bem dentro dos meus olhos
em meus lábios pôs seu mel

Dizendo-me ser um anjo
que veio somente prá cuidar de mim
Roçando em minhas camisas
manchou com seu carmim

Entrou pelos meus sonhos
relaxando todos os meus medos
Revelou-me alguns dos seus planos
e ouviu todos meus segredos

Revirou-me pelo avesso
prá saciar todos seus desejos
Como um anjo travesso
seduziu-me com seus beijos

Men@
®

PRIMAVERA


Que se espalhem os perfumes
e se multipliquem as cores
Que embelezem a natureza
bem vindas são as flores
Sejam alegres os seus dias
com canções e poesias
Que em tudo reine a paz
em nome dos amores
Se inicia a nova era
chegou a primavera
brindemos
tim...tim...
Saúde a todos

Men@
®

terça-feira, 22 de setembro de 2009

MIRAGEM


Ao por do sol
sempre vejo a sua passagem
imagem desfilando sobre a campina
doce miragem da deusa, mulher, menina

Sob os raios dourados
a musa ao sabor da natureza, despida
do inflado pano ao vento como vela
a bela donzela, na arte da vida

Seu corpo bronzeado
no ar flutua, livre, leve, solta e toda nua
vestindo a minha louca fantasia
de amor, desejo e poesia

Men@
®

sábado, 19 de setembro de 2009

ATÉ O FIM


Você vai bem saber
o que quer de mim, tão jovem assim
Se eu puder te fazer enxergar
meu grande amor, até o fim

Vendo o tempo passar
sei que ainda um dia vou mergulhar
No azul do teu olhar e poder respirar
no fundo do teu mar, até o fim

Quero muito te abraçar
beijar e te prender dentro de mim
E você vai me perguntar: Como assim?
eu saberei sem irmos, até o fim

Passe o tempo que passar
porque ainda é muito jovem prá mim
Não se sinta assim perdida ou chorando
porque te esperarei, até o fim

Men@
®

MENINA MULHER


Só em ti é que consigo pensar
depois de tudo o que nós tivemos
somente assim é que te sinto bem perto
porto aberto aos desejos que temos

O que é muito dificil aceitar
é o longo tempo que estamos separados
queria que aqui estivesse mais uma noite
te sentir eternamente ao meu lado

Apenas estar mais esta noite
prá que nunca mais eu te deixasse partir
e assim estarmos novamente abraçados
nesta tarde ou quando a noite cair

Penso que já é o tempo certo
me lembro o dia desde que partiu
a menina de ontem cresceu
na mulher que hoje surgiu

Men@
®